Balneário Camboriú

História

Em uma enseada de águas límpidas, surge uma pequena ilha na imensidão de um mar azul e tranqüilo, protegida em véu verde da Mata Atlântica.

Este era o cenário que os índios Tupi-Guarani desfrutavam e que aproximadamente até 1930 permaneceu intacto, deslumbrando e encantando também colonizadores. Os índios foram os primeiros a desfrutar as belezas da região, como comprovam os fósseis de até 3000 anos encontrados na praia de Laranjeiras.

A colonização começou a partir de 1826, com a chegada do açoriano Baltasar Pinto Corra. Anos depois vieram os alemães, atraídos pelo clima e solo fértil formando assim na região uma pequena aldeia, o “Arraial do Bom Sucesso”.

Em 1849, o lugar passou a ser designado distrito e paralelamente iniciou-se na localidade do atual bairro da Barra, a construção da Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso – um dos atuais pontos turísticos da cidade.

Já em 1884, o lugarejo foi desmembrado da vizinha Itajaí, originando o município de Camboriú. Existem duas verses para o nome Camboriú. De acordo com a mais aceita, o nome vem da língua portuguesa, e significa “curva do rio”. A outra de origem tupi-guarani, onde Camboriú quer dizer “criadouro de robalos”, peixe comum na região. A partir de 1926 famílias teuto-brasileiras, provenientes principalmente do Vale do Itajaí, descobrem um verdadeiro paraíso de férias. Então surgem as primeiras casas de veraneio e o primeiro hotel seria construído dois anos depois. O turismo começa a ganhar forma e fora, sendo notoriamente maior do que qualquer outra tendência econômica.

Em 20 de julho de 1964, Balneário Camboriú torna-se município. Com a emancipação política definida, a cidade ganha novo impulso econômico e novas perspectivas sócio-culturais. Daí então, fica evidenciado de modo constante o interesse pela implantação de negócios e empreendimentos que propiciaram e originaram o grande salto para o crescimento e consolidação definitiva da vocação ao turística de Balneário Camboriú, lançando a cidade como uma das melhores opções do turismo brasileiro.

O contínuo aperfeiçoamento de sua infra-estrutura pública passou a ser o maior objetivo de seus administradores, visando a melhoria da qualidade de vida de sua gente, e sobretudo, a adequação da cidade para a recepção de seus visitantes.

Aos treze anos após a emancipação política, Balneário Camboriú começa a ser invadida por turistas de países vizinhos, em sua maioria argentinos.

A partir de 1980, também os brasileiros, começam a adotar a cidade como roteiro de suas férias e a intitulam como a “Maravilha do Atlântico Sul”.

Fonte: http://www.balneariocamboriu.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: