Arquivo da categoria: Economia

Conheça os Efeitos da Copa e da Olimpíada na Economia dos Países

A realização de grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo ou os Jogos Olímpicos é um desejo de muitos países, mas esse sonho precisa ser acompanhado de uma grande estratégia que envolva não só o setor público, mas também parcerias em diversas áreas para que o sonho não se transforme rapidamente em um pesadelo com um alto custo que se arrastará por muitos anos, comprometendo as contas públicas e reduzindo a capacidade de investimentos futuros em setores essenciais.

 Tragédia grega’ não afeta bom momento do Brasil

 São Paulo espera mais de R$ 1 bi com abertura da Copa na cidade

Entre os exemplos bem sucedidos destacam-se os Estados Unidos, com os Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles, e em Atlanta 1996, além da Espanha que sediou o evento em 1992. Ambos os países conseguiram ganhos econômicos como saldo da realização desse evento esportivo.

No caso da Copa do Mundo, a Alemanha em 2006, e novamente os Estados Unidos em 1994, são os melhores exemplos de sucesso…

Veja matéria completa no site IG/Economia:

http://economia.ig.com.br/conheca-os-efeitos-da-copa-e-da-olimpiada-na-economia-dos-paises/n1597563440108.html


Foz do Rio Itajaí é a Região Metropolitana que mais Cresceu no Brasil…

Existem atualmente no Brasil 36 regiões metropolitanas (RMs) e três regiões integradas de desenvolvimento (Rides). Foto: Divulgação

A falta de transporte adequado e em quantidade suficiente é um dos principais gargalos na administração dos grandes centros urbanos, que concentram 83,096 milhões de brasileiros (42,5% da população), de acordo com pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre mobilidade urbana feita entre 2001 e 2010. No período, a concentração manteve-se estável em relação aos 42,3% registrados em 2000.

Existem atualmente no Brasil 36 regiões metropolitanas (RMs) e três regiões integradas de desenvolvimento (Rides). Em Santa Catarina existem oito RMs. A da Foz do Rio Itajaí foi a que apresentou a maior taxa de crescimento do Brasil entre os anos de 2000 e 2010, registrando 3,24%. Nessa RM, a população total é de 439.512 pessoas.

Leia reportagem completa no

Link: http://www.economiasc.com.br/index.php?cmd=industria&id=7244

Fonte: Economia SC


Investimentos em imóveis… Lucro garantido.

A grande questão levantada pelos  investimentos em imóveis é sempre a mesma, se esta operação lhe garante retorno real, comparada a outros tipos de investimentos.

Para um investidor em imóveis não basta tão somente projeções ou hipóteses sobre o resultado das suas aplicações. Se não houver sustentação em uma base sólida com resultados reais a atitude natural é de recuar e procurar outro tipo investimentos

Comparando o investimento em caderneta de poupança com rendimento médio entre 7 a 8,5% a.a, com um  apartamentos de alto padrão em Balneário Camboriú, percebe-se que enquanto a poupança, em três anos rendeu em torno de 25%, o investimento em imóveis rendeu 25% a.a, mais do que dobrou.

Veja quadro comparativo abaixo.

INVESTIMENTOS 1º Ano 2º Ano 3º Ano
Poupança R$ 750.000,00 R$ 805.000,00 R$ 865.000,00 R$ 930.000,00
Imóvel Alto Padrão R$ 750.000,00 R$ 945.000,00 R$ 1.190.000,00 R$ 1.500.200,00

O mercado de imóveis do norte catarinense tem evoluído e de forma sistemática mostrado solidez e uma grande capacidade de adaptação as mudanças e dificuldades impostas pelo mercado globalizado, empresas fortes com empreendedores sensíveis que desenham novos cenários multiplicando de forma segura as possibilidades de bons negócios.

Por: Clovis Ribeiro