Arquivo da tag: Futuro

LIVRO “ O VENDEDOR DO FUTURO”

LIvroPor Raúl Candeloro

Confira a entrevista com Renato Gosling

1.    Sobre o que trata exatamente seu livro O Vendedor do Futuro? Qual a grande mensagem?

O livro “O vendedor do Futuro” é sobre relações de negócios e dá ênfase aos momentos de venda, mas não se destina exclusivamente a vendedores. Trata-se de uma leitura que pode ser enriquecedora para todas as pessoas que negociem algo a qualquer momento, em seu ambiente de trabalho ou fora dele. Mas este também não é um livro típico de negociação, pois aborda, em muitos momentos, aspectos humanos – aspirações, paixões, equívocos e incertezas – que vão além da mesa de negociação, são aspectos transmitidos a partir da vivência de pessoas que podem ser ou não da área de vendas, mas cujas histórias e opiniões nos fazem refletir sobre o novo mundo corporativo. Não é este, portanto, um texto teórico. O intuito deste livro é contribuir para que todo profissional faça negócios mais facilmente, sem aquela dose a mais de pressão e angústia que chega a minar o bem-estar de muitos profissionais que conhecemos. São duas grandes mensagens, a primeira é para os vendedores pararem de trabalhar no automático e começarem a pensar mais, e serem mais consultivos. O vendedor de hoje tem que ser um pesquisador, mesmo aqueles que trabalham com commodities. A segunda são as 11 maneiras de encarar este novo mundo digital, ou novo mundo corporativo, que isto se encontra na conclusão do livro.

2.    Qual a primeira coisa que você gostaria que alguém fizesse ao terminar de ler seu livro? Por onde começar?
Quero que as pessoas terminem de ler e pensem “este livro vai me ajudar a fazer negócios mais facilmente, sem tanta pressão e angústia”. Quero que as pessoas comecem migrando a marcha do automático para o manual, isto implica em relações interpessoais, processos, atenção nos detalhes, etc.

3.    Como você começou nessa área? 
Comecei trabalhando em agências de propaganda na área off-line e digital, são elas: Y&R e Eugenio.

4.    Qual seu diferencial em relação a outras pessoas que falam sobre esse assunto? Qual sua ‘marca registrada’? 
Pesquisei muito sobre livros de vendas. A maioria são densos, teóricos e acadêmicos demais. Não vi nenhum com muita prática de mercado, leve, bem-humorado, que contasse histórias, mas que ao mesmo tempo fosse profundo para refletir e mudar este dia a dia nosso em vendas que está arcaico e muitas vezes sem sentido. Cobram muito, e diversas vezes nem se sabe por quê. Querem quantidade e não qualidade. É só meta, esquecem do aperto de mão, atenção, esforço, etc. (sugiro ler a última entrevista do Nélio Bilate no livro – fundamental para esta matéria).

Difícil dizer minha marca registrada. Prefiro que cada um de vocês tire as respectivas conclusões. Até para não dar uma opinião viciada. Aliás, ultimamente tenho procurado contratar pessoas para vendas que não são de vendas, pois elas vêm sem vícios, e de mente aberta para fazer um trabalho diferente, sem estar no automático.

Informação de contato:
Site: http://www.renatogosling.com
Facebook: http://www.facebook.com/ovendedordofuturo?ref=hl
Linkedin: br.linkedin.com/in/renatogosling
Twitter: @renato_gosling
E-mail: renato@renatogosling.com

 

Fonte : Revista Venda mais                                                                                                                                                                                                        Link: http://www.vendamais.com.br/artigo/51565-confira-a-entrevista-com-renato-gosling.html

Anúncios

Balneário Camboriú uma Cidade de Vanguarda…

Engordamento da Faixa de Areia na Praia Central.

Desde que os primeiros visionário imaginaram que este seria um dos melhores balneários do Brasil que a velha e boa Camboriú esta invariavelmente a frente de seu tempo trazendo novidades a cada temporada, bares, casas noturnas, praia bem cuidada e um povo especial, complementam o que a natureza já fez por esta região.

O crescimento estupendo com prédios magníficos e arquitetura arrojada sempre lhe conferiu um olhar de interesse de pessoas de todos os cantos do Brasil e mais recentemente de toda a America do sul.

Em toda a minha vida; e a cada verão; a vinda a Camboriú era sempre um bom exercício de modernidade e atualização de conceitos.

A tão falada ”qualidade de vida”  que hoje tanto se persegue era algo que vivíamos aqui a muitos anos e não conseguíamos expressar em palavras. Mas na verdade sempre era aqui que buscávamos energia e uma nova visão dos tempos modernos e de forma imperceptível acabávamos levando isso tudo para nossas cidades, sempre contribuído para a evolução de lá também.

Por estar numa condição de vanguarda, Balneário Camboriú exige que seus projetos futuros sejam planejados para continuar dando a chamada “PÉROLA DO ATLÂNTICO”, a condição de cidade a frente do seu tempo.

A muito se fala em um projeto de alargamento da faixa de areia possibilitando uma reorganização do complexo viário, lazer e infra-estrutura. Depois de muito se falar, o primeiro passo foi dado, busca-se uma jazida de areia que seja compatível com a que temos hoje na praia central. ( Veja reportagem abaixo ou no link.  http://www.balneariocamboriu.sc.gov.br/imprensa/noticia.cfm?codigo=6851)

Para quem vive o dia a dia da cidade e sente os efeitos da falta de  planejamento no passado, sabe que este projeto deve rapidamente ser executado para mais uma vez Balneário Camboriú oferecer aos seus moradores e admiradores uma nova condição de mobilidade, possibilitando que os novos projetos sejam executados.

 

Prefeito assina contrato da empresa que fará busca por jazida de areia para alargamento da Praia Central

O prefeito Edson Renato Dias (Piriquito) assina nesta quinta-feira, 6, o contrato com a empresa Coastal Planning – que pesquisará jazidas de areia para o futuro alargamento da Praia Central de Balneário Camboriú. A solenidade será realizada às 13h30, no gabinete do prefeito e contará com a presença de Lindino Benedet, diretor presidente da empresa.

A empresa fará uma busca em nossa costa para encontrar a jazida mais próxima possível e que tenha a areia ideal para a execução do projeto. De acordo com o secretário de Planejamento de Balneário Camboriú, Auri Pavoni, nos últimos anos o município já realizou uma série de estudos que determinaram que o projeto de engordamento da faixa de areia é possível, sem alteração da biodiversidade e das características da praia, desde que seja utilizada areia com a qualidade e granulometria específicas.

“Nossa única condição para executar esta mudança é de que as características da praia como balneabilidade, ondas e inclinação, entre outras, não sejam alteradas. Os estudos nos mostraram que com a areia ideal poderemos realizar esta obra a tanto tempo almejada”, conta o secretário.

A busca pela jazida deve ser iniciada imediatamente após a assinatura do contrato e a previsão inicial é de que os resultados já apareçam dentro de três a quatro meses.

O prefeito Edson Renato Dias (Piriquito) ressalta que depois que jazida for encontrada a prefeitura deverá discutir o engordamento da faixa de areia com a população. “Queremos discutir o projeto com a sociedade, mas isto será feito com muita segurança, pois, apresentaremos todos os elementos apontados pelos estudos para definir questões como custos e áreas e serem ampliadas, entre outras”, frisa o prefeito.

A Coastal Planning foi contratada pela Prefeitura de Balneário Camboriú mediante dispensa de licitação. Isto porque, em 2010, a prefeitura lançou três editais para concorrência de empresas interessadas no serviço, mas nenhuma se inscreveu. Com isso, o município buscou uma empresa que se enquadrasse nas exigências do edital e fez a contratação direta.

A Coastal Planning & Engineering do Brasil é subsidiária da norte-americana Coastal Planning & Engineering INC, com sede na Florida.

 


A Imobiliária do Futuro

Uma das características do mercado imobiliário é a infidelidade dos clientes. Todo corretor sabe que o cliente levanta da sua cadeira e vai sentar-se na cadeira do seu concorrente. Não que ele não confie em você, mas a seriedade do negócio exige que ele esgote as alternativas em busca da certeza do melhor investimento. Afinal de contas, a escolha de um lugar onde ele pode vir a passar o resto da vida tem que ser bem feita.

Imobiliárias inteligentes, como já disse o consultor imobiliário Carlos Alceu Machado reconhecem que a qualidade das suas relações sociais representa uma rica carteira de clientes. O chamado ‘networking’ de agora. Quanto mais negócios bons você fizer, melhores indicações vai receber. Claro que os clientes não vêm só daí. Até porque todo bom corretor tem como principal característica a empatia e sorriso largo no rosto. Mas rostinhos bonitos nem sempre fecham vendas. A pergunta é: a sua imobiliária está preparada para dar conta dessas indicações e ainda atender a fila da sala de espera?

De nada adianta ter um potencial cliente disposto a investir alto na aquisição do seu novo lar, se você não transmite CONFIANÇA, SERIEDADE E EVOLUÇÃO. Confiança e seriedade todo mundo mais ou menos sabe como transmitir. Mas EVOLUÇÃO? Vou arriscar fazer negócio com uma imobiliária que desde 1902 carrega a mesma cara? Eu não faria! O mercado evoluiu e ela não acompanhou. O dono não reviu os processos de gestão e a marca carrega um único valor empoeirado: tempo. Sobreviveu. Ótimo, mas não cresceu.

Vamos imaginar um exemplo prático: o seu colega médico do futebol da terça à noite andou acompanhando o boom do setor imobiliário e está pensando em fazer um investimento. Porque você acha que ele vai fazer essa aplicação na sua imobiliária, se você ainda anda com aquela velha agenda de contatos debaixo do braço e esqueceu-se de renovar o estoque de cartões de visita – e por isso nunca tem um na carteira? E se ainda assim ele lhe der crédito e for até você em busca de informações consistentes sobre riscos de investimento, melhores produtos, localização do imóvel, liquidez, você vai deixá-lo sair com uma folha de papel rabiscada? Pior: se ele o visitar on-line, irá encontrar um site minimamente decente, com dados atualizados e valores em reais? (Lembre-se de que a maioria absoluta das pessoas não têm idéia do que seja um CUB nem de quanto ele valha).

Afinal de contas, ele é médico e não corretor de imóveis! Não bastando, assim que ele virar as costas você esquece 70% do que foi dito e, se tiver sorte, vai anotar os 30% que ainda lembra naqueles ‘risque-rabisques’ cheio de números de telefones (que você também não lembra mais de quem são), que fica debaixo do teclado do seu computador.

Se essa é a sua realidade, você acaba de perder esse cliente para o amigo que joga tênis com ele na quinta à noite, que também é corretor de imóveis, formado há apenas dois anos, que carrega não só o seu cartão de visitas como um netbook básico com acesso ao site da imobiliária, com todos os imóveis atualizados (inclusive os lançamentos), com um relatório mensal sobre os melhores imóveis para investidores segmentados por bairro, número de dormitórios e até grau de chatice da vizinhança! Lá se foram os seus 6% de comissão, meu amigo. E não é porque você seja um mau corretor. Mas ele é mais ágil. Pensa mais rápido porque tem ferramentas prá isso. No fim das contas, você poderia chegar à mesma conclusão sobre o melhor investimento para o amigo médico. Mas ele o fez primeiro e agendou a visita ao imóvel ali mesmo, na quadra. Foi só acessar o sistema da imobiliária e solicitar a reserva das chaves para a manhã seguinte, sem correr o risco de ter que dizer que a chave foi “emprestada”.

Quer trocar de lugar com o colega do tênis? Reveja seus conceitos sobre investimentos. Invista em EVOLUÇÃO e continue sério e confiável. Só que mais rápido e mais inteligente. Essas são as imobiliárias do presente. Porque as do futuro farão muito mais!

Acredite: a sua larga experiência de mercado, aliada às novas tecnologias de inteligência e informação, não só vão encher sua empresa de novos e rentáveis negócios, como podem até fazer chover. Mas é você quem vai decidir se quer que chova ou não!

Por Melissa Mendonça, Gerente de MKT da Metaimob – Ferramentas para Gestão Imobiliária